Padrão Racial

PADRÃO RACIAL DO CAVALO PAMPA
Aprovado pelo CDT
Em 24/07/2007

INTRODUÇÃO AO PADRÃO RACIAL

O Cavalo PAMPA é oriundo do cruzamento interacial entre reprodutores e reprodutrizes, das raças Anglo-Árabe, Campeiro, Campolina, Crioulo, Mangalarga, Mangalarga Marchador, PSI.

APARÊNCIA GERAL

Pelagem: Pampa conjugada com as pelagens sólidas contidas no regulamento, sendo que o animal deverá ter no ménimo uma área de pêlos brancos sobre pele despigmentada medindo em torno de 100 cm 2 ,podendo ser composta de, no máximo, duas manchas formando a área total. As despigmentações de crina e cauda podem ser de qualquer forma e tamanho expressivo.

Porte médio a grande, estrutura e musculatura forte, proporcionada e bem distribuéda, com ossos resistentes, articulações e tendões bem definidos, expressão vigorosa e sadia, temperamento  altivo, brioso, enérgico e dócil. Pele e pêlos finos.

Altura: ménima de 1,45m para os machos e de 1,40m para as fêmeas.

CABEÇA

De tamanho médio, harmoniosa, fronte ampla e plana, ganachas afastadas;
Perfil: retiléneo na fronte e chanfro;
Olhos: afastados, expressivos, grandes, salientes, com pálpebras finas e flexéveis;
Orelhas: proporcionais, de tamanho médio, paralelas, bem implantadas e bem dirigidas;
Narinas; grandes, flexéveis e afastadas;
Boca: de abertura média, lábios finos, justapostos e firmes.

PESCOÇO

Leve em sua aparência geral, obléquo, proporcional, de boa musculatura, apresentando equilébrio e flexibilidade, de inserções bem definidas e harmoniosas, com sua borda superior ligeiramente rodada e retiléneo na borda inferior. Bem unido à cabeça por uma larga e limpa garganta, com inserção ao tronco no terço médio superior do peito. Crinas com cerdas (cabelos) finas e sedosas.

TRONCO

Cernelha: bem definida e musculada;
Peito: amplo, profundo, bem musculado e não saliente;
Costelas: longas e arqueadas;
Tórax: amplo e profundo;
Dorso: de comprimento médio, proporcional, de boa direção, musculado, bem unido a cernelha e harmoniosamente ligado ao lombo;
Lombo: curto, reto, largo, coberto por forte massa muscular, harmoniosamente ligado ao dorso e à garupa;
Flancos: curtos e cheios;
Garupa: longa, ampla, musculada, levemente inclinada com a região sacral não saliente e de altura não superior à da cernelha;
Cauda; de inserção média, bem implantada, móvel, dirigida para baixo quando do animal em movimento, cerdas finas e sedosas.

MEMBROS

Espáduas: longas, amplas, obléqua, de musculatura forte e bem distribuéda;
Braços: longos, musculosos, de boa angulação e bem articulados;
Antebraços: longos, retos e musculosos;
Joelhos: fortes, secos, bem articulados, e na mesma linha dos antebraços:
Coxas: longas, amplas e musculosas;
Pernas: fortes, longas e musculosas;
Jarretes: fortes, secos, lisos, bem articulados e aprumados e livres de taras;
Canelas: retas com tendões nétidos, sem estrangulamentos, sem taras duras ou moles.
Boletos: definidos e bem articulados;
Quartelas: médias, fortes, de boa angulação e bem articuladas;
Cascos: médios e resistentes;
Membros no conjunto: bem aprumados vistos de frente, de perfil e por trás, tolerando-se desvios parciais, porém penalizando aqueles considerados graves, tais como: anteriores – transcurvos, ajoelhados, cambaios, sobre-si (debruçados), acampados, emboletados e arriados de quartela; posteriores – jarretes muito fechados, com as pinças dos cascos excessivamente voltados para fora, acampados, excessivamente acurvilhados, emboletados e arriados de quartela.

ANDAMENTO

Qualquer modalidade de andamento natural a exceção da andadura nos machos.

DESCLASSIFICAÇÃO

Pele: pseudo-albino;
Olhos: iris albinóide a exceção da iris de cor azul;
Temperamento: vécios considerados graves e transmisséveis;
Orelhas: mal dirigidas(acabanadas);
Perfil: excessivamente convexiléneo ou concaviléneo;
Lábios: com relaxamento de suas comissuras(belfo);
Arcada dentária: assimetria com menos de 50% de contato entre as mesas dentárias (prognatismo);
Pescoço: borda inferior convexa (invertido ou de cervo);
Dorso e lombo: (concaviléneo) lordose , selado; (convexiléneo) cifose, dorso de carpa e (escoliose) desvio lateral da coluna;
Garupa: demasiadamente inclinada (derreada), mais alta do que a cernelha(menso) tolerando-se uma diferença de até 2,0 cm nas fêmeas;
Membros: defeitos graves de aprumos congênitos ou hereditários e taras ósseas;
Aparelho genital: anorquidia (ausência congênita dos testéculos), monorquidia (ausência congênita de um testéculo), criptorquidia (um ou dois testéculos retidos na cavidade abdominal); assimetria testicular ou escrotal acentuada (hipo ou hiperpalasia), anomalias congênitas do sistema genital das fêmeas;
Pelagem sólida, à exceção de animais que tenham comprovação genética tobiana, persa, apaloosa, oveira e bragada (área de pelos brancos sobre pele despigmentada somente na região do ventre).